Perfil atualizado do consumidor brasileiro de orgânicos

Os hábitos, as percepções e as demandas dos consumidores brasileiros de produtos orgânicos foram investigados em profundidade pela Organis, em parceria com o Instituto Brain. O resultado está já disponível, e vai ajudar você a planejar suas ações no segmento de orgânicos.

Conheça os resultados

Que produtos consomem e com que frequência? Onde preferem comprar? Como é a experiência de compra? Qual é a percepção de valor? Estão dispostos a consumir mais? O mercado de orgânicos cresce a cada dia no Brasil e as empresas estão interessadas em investir no desenvolvimento de novos produtos orgânicos, voltados para consumidores conscientes e exigentes. A Pesquisa Consumidor Orgânico ratifica essa tendência de crescimento e mostra que, na medida em que a economia brasileira vai retomando o crescimento, o número de consumidores orgânicos tende a aumentar. Conhecer em profundidade os hábitos e as necessidades desse público é o primeiro passo para planejar ações de sucesso no setor de orgânicos.

Versão resumida

Preparamos um relatório executivo da pesquisa, com os principais dados e conclusões levantadas a respeito do consumidor brasileiro e seu relacionamento com os produtos orgânicos. Você pode examiná-lo aqui mesmo no nosso site, e também poderá fazer o download gratuito do relatório em pdf.

Versão completa

O relatório completo da Pesquisa Consumidor Orgânico, que também inclui o estudo em profundidade realizado especificamente com os consumidores de orgânicos, já está disponível para download para todos os associados da Organis. Clique aqui para mais informações.

Não associados da Organis podem ter acesso à integra do relatório da Pesquisa Consumidor Orgânico, a um custo de R$ 2 mil Reais. Para mais informações, clique aqui.

Versão customizada

O banco de dados resultante da Pesquisa Consumidor Orgânico 2019 permite outras análises e cruzamento, além dos apresentados na versão completa. As empresas interessadas aprofundar as conclusões para atender suas demandas, podem solicitar relatórios customizados, mediante orçamentos adicionais. Basta clicar aqui.

Bem-vindo aos principais dados da Pesquisa Consumidor Orgânico 2019

Conheça em linhas gerais os resultados da Pesquisa Consumidor Orgânico 2019. Fizemos um resumo que o ajudará a formar uma visão abrangente do potencial de consumo dos produtos orgânicos no Brasil.

Objetivos

1

Realizar pesquisa quantitativa para avaliação do consumo de produtos orgânicos no Brasil

2

Identificar o perfil do público consumidor de orgânicos

3

Avaliar os produtos e conceitos mais associados a orgânicos

4

Avaliar os critérios de escolha de produtos orgânicos como: marcas, lojas, embalagem, entre outros

5

Levantar a disposição para
o consumo de orgânicos em um futuro próximo

Especificações técnicas da pesquisa

Técnica

Pesquisa com a realização de entrevistas pessoais e individuais com a utilização de questionário estruturado com duração média de 12 minutos.
A abordagem ocorreu em pontos de fluxo  populacional.
O questionário foi elaborado de acordo com os objetivos estabelecidos, sendo a versão final provada pelo Cliente.
O período de coleta ocorreu entre os dias 07 de maio a 13 de junho de 2019.

Universo

População brasileira, responsável pela compra de itens de supermercado da residência, com 18 anos ou mais, residente nos municípios selecionados para compor a amostra.

Amostra

Os 1.027 entrevistados foram selecionados probabilisticamente em três etapas.
Na primeira foram sorteados os municípios.
Na segunda etapa, a quantidade de entrevistas a ser realizada em cada município foi estabelecida a
partir do método PPT (Proporção Proporcional ao Tamanho) levando em consideração o porte do município.
Na terceira e última etapa, as unidades amostrais foram selecionadas a partir dos seguintes critérios de estratificação: sexo, faixa etária, escolaridade e classe
social.

Nível de confiança e margem de erro

A amostra selecionada é
estatisticamente significativa do universo em estudo e atinge um nível de confiança de 95% para uma margem estimada de erro, considerando uma amostra aleatória simples de aproximadamente 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos sob os resultados gerais.

Selo Produto Orgânico Brasil

Percepção quanto a existência do selo

Sabe da existência de selo para certificar se um produto é realmente orgânico?

50%
não
50%
sim
Consumidor orgânico 69%
Não consumidor orgânico 41%

Consumo de produtos orgânicos

Consumiu produtos orgânicos nos últimos 30 dias

Pizza-1
0 % sim

2017

Pizza-2
0 % sim

2019

Destaque 2019
Sem a região norte, 20% consumiram algum produto orgânico nos últimos 30 dias.

Consumiu produtos orgânicos nos últimos 30 dias – Por Região

Frequência com que consome produtos orgânicos por semana

Entre os que consumiram produtos orgânicos nos últimos 30 dias

consumiram orgânicos
0%
1 vez por semana
0%
2 vezes por semana
0%
3 ou 5 vezes por semana
0%
Mais de 5 vezes por semana
0%

Motivos pelos quais não consome orgânicos em maior quantidade

RMEspontânea – Entre os que consumiram produtos orgânicos nos últimos 30 dias

2019

Preço
65%
Dificuldade de encontrar os produtos
27%
Falta de Costume
6%

2017

Preço
62%
Falta de lugares próximos
32%
Falta de conhecimento
11%
Falta de confiança
4%

Conhecimento de produtos orgânicos não alimentícios

RMEspontânea

0 %
Sabe que existem, e sabe citar quais

Produtos que sabe que existem

Produtos de higiene pessoal
0%
Cosméticos
0%
Vestuário
0%
Produtos de limpeza
0%

Produtos consumidos

Produtos de higiene pessoal
0%
Cosméticos
0%
Vestuário
0%
Produtos de limpeza
0%

Facilidade para encontrar produtos orgânicos na região

Estimulada

Muito fácil9%
Fácil18%
Nem fácil, nem difícil26%
Difícil23%
Muito difícil24%

Atitudes sustentáveis

Estimulada

Separar lixo

Sempre37%
Frequentemente14%
Às vezes15%
Raramente12%
Nunca22%
Não sabe não respondeu%

Motivos pelos quais não consome produtos orgânicos

Estimulada – Entre os que não compraram produtos orgânicos

2019

Preço
43%
Dificuldade de encontrar os produtos
21%
Falta de Costume
7%

2017

Preço
41%
Falta de Interesse
14%
Falta de lugares próximos
12%
Falta de conhecimento
7%
Falta de confiança
6%

Hightlights

Consumo de produtos orgânicos

Ao compararmos os consumidores que registraram a compra de produtos orgânicos nos últimos 30 dias no Brasil, verifica-se um aumento de 4 pontos percentuais em comparação ao ano de 2017.

A região Sul continua sendo a que mais consome produtos orgânicos (23%).

Vale salientar que a pesquisa de 2019 abrangeu a região Norte do Brasil, região essa que não estava contemplada na pesquisa anterior.

Nesse sentido, ao retirarmos a região norte da amostra de 2019, analisamos que o crescimento constatado é confirmado e que o percentual de consumidores fica em 20%.

A pesquisa de 2019, além de medir o consumo de orgânicos nos últimos 30 dias, mediu o consumo nos últimos 180 dias.

Dessa forma, chega-se ao valor de 35% de share de compra de algum produto orgânico em contrapartida, conclui-se que 65% da população não comprou nenhum produto orgânico nos últimos 6 meses.

O comprador de produtos orgânicos nos últimos 180 dias atinge 48% da população residente na região sul do Brasil seguida pela região Centro-Oeste que apresenta um share de compra de 42%.

Hábitos de compra

Os produtos mais comprados são Frutas (25%), Verduras (24%) e Alface (21%).

Podemos dizer que a compra de produtos orgânicos está bastante relacionada a compra de produtos frescos, pois a maioria dos produtos mencionados espontaneamente são produtos “FLV”, frutas, legumes e verduras.

Quando questionados quais os motivos que levam a consumir produtos orgânicos, vemos uma prevalência de motivos individuais, não aparecendo de forma significativa a dimensão do coletivo.

O principal motivo mencionado foi a saúde (84%).

O meio ambiente aparece em 9% das menções espontâneas.

O comprador de orgânicos, considerado na pesquisa como os que compraram nos últimos 30 dias, compra em média, 3 vezes por semana.

As feiras aparecem como o local onde esse público prefere comprar esse tipo de produto (87%).

Apenas 4% mencionam espontaneamente que preferem as lojas que vendem apenas orgânicos.

O reconhecimento dos produtos orgânicos se dá pela embalagem (71%).

Já a aparência do produto (12%) e marca (11%) foram o segundo e terceiro motivo, respectivamente.

O selo aparece em 3% das citações.

Faça o download gratuito da versão resumida em pdf

Siga o nosso movimento:

Contato:

Rua Doutor Corrêa Coelho, 741
+55 41 4106-3308
[email protected]

Mantenedoras: