“O estilo de vida saudável da família e a preocupação com a preservação dos recursos naturais, motivaram o desenvolvimento de um produto de limpeza que não poluísse o meio ambiente. E em 1994 nasceu a Biowash, com um concentrado para limpar a casa toda e um lava-louças.”

A pandemia potencializou a importância da limpeza para a saúde. Também despertou para a necessidade de preservar o meio ambiente para evitar futuras pandemias. Mesmo assim, ainda não está claro que a escolha do material de limpeza está diretamente relacionada à saúde do corpo e do planeta.

“A maioria das pessoas não sabe que a formulação dos produtos de limpeza convencionais é de base petroquímica. Ou seja, que são derivados do petróleo e poluentes”, afirma Becky Weltzien, proprietária da Biowash, marca de produtos de limpeza naturais associada à Organis.

Ela explica que, quando os produtos de limpeza feitos com petroquímicos voltam para o meio ambiente, os microorganismos responsáveis pela sua degradação não os reconhecem e isso dificulta o processo natural de reciclagem. “Vão ser intoxicados e demorar anos para fazer a decomposição. Já os produtos de base vegetal, quando voltam para a natureza, são facilmente reconhecidos, degradados e transformados em substâncias que vão alimentar o ciclo de vida natural da água e do solo”.

Despertar essa consciência nas pessoas tem sido o desafio de Becky Weltzien desde que ela assumiu a Biowash, há 14 anos. Uma história que iniciou há 40 anos, do anseio de seu pai de ter um negócio próprio. Alemão, morando na Espanha, adquiriu a fórmula do produto de limpeza da empresa em que trabalhava com a condição de não empreender no país. Foi assim que desembarcou no Brasil em 1981, ao lado da esposa, quatro filhos pequenos e sem falar português.

O estilo de vida saudável da família e a preocupação com a preservação dos recursos naturais, motivaram o desenvolvimento de um produto de limpeza que não poluísse o meio ambiente. E em 1994 nasceu a Biowash, com um concentrado para limpar a casa toda e um lava-louças.

Na época, ninguém falava em preservar o meio ambiente e o volume de vendas era baixo. Mas os Weltzien persistiram em manter a produção e a oferta dos produtos de base vegetal em paralelo ao produto convencional.

Anos depois, em 2006, o limpador convencional deixou de ser produzido, a linha natural foi ampliada e o modelo de negócios reformulado, migrando da venda porta a porta para o varejo. Junto à mudança de estratégia de mercado veio a certificação de produto fabricado com insumos 100% naturais, selo que equivale à certificação orgânica para produtos de limpeza.

Em 2007, quando o pai adoeceu, Becky Weltzien morava nos Estados Unidos e decidiu voltar para o Brasil e assumir o empreendimento da família. “Fazia muito sentido dar continuidade ao trabalho dos meus pais e eu estava muito alinhada aos valores da empresa”, relembra 

Ainda hoje, para conquistar mercado, a venda do produto precisa ser casada a um processo de educação, de explicar que os produtos de limpeza também têm um papel fundamental na preservação da natureza.

“Nossos produtos são 100% pautados em um ideal, em um propósito de vida. A Biowash nasceu sem pesquisa de mercado e, ainda hoje, se for fazer pesquisa, a pessoa não investe. É um trabalho de desbravar o mercado, de explicar aos compradores do varejo que o caminho do natural e do orgânico não tem volta e que a limpeza precisa fazer parte disso”, diz Becky.

Por mais que a limpeza esteja presente no dia a dia das pessoas, ainda falta a compreensão de que a escolha dos produtos de limpeza também ajuda a promover as mudanças necessárias para o enfrentamento dos desafios relacionados à preservação do meio ambiente e à saúde.

“Todo mundo tem que limpar, mas não vemos isso como investimento. Temos a disposição para comprar alimentos com alto valor agregado com foco em saúde e sustentabilidade, mas não temos o mesmo comportamento na hora de escolher um produto de limpeza”, argumenta.

Um grande percentual de consumidores dos produtos Biowash é formado por pessoas alérgicas ou com pele muito sensível. “Um público grande nos chega pela dor, pela alergia. E a pandemia impulsionou as vendas, pois as pessoas tiveram que assumir a limpeza de suas casas e perceberam que precisavam de produtos que não agredissem ou ressecassem a pele”.

Empresa B

A Biowash integra um seleto grupo de empresas que tem certificação de Empresa B. Ou seja, todo o trabalho está alinhado um modelo de gestão verdadeiramente sustentável baseado em cinco pilares: governança, cliente, fornecedor, comunidade e meio ambiente.

Nestes tempos em que a gestão ESG – termo usado para demonstrar compromisso com a governança corporativa, com o social e o meio ambiente – avança, obter uma certificação pelo Sistema B é um endosso a um modelo verdadeiramente sustentável de fazer negócios.

“As empresas têm que entrar nessa via que é o modelo de gestão ESG, que por sua vez é o movimento das empresas B”, explica Becky Weltzien. “Temos que pensar qual é o nosso papel no mundo e qual impacto queremos deixar para a humanidade. É necessário ser sustentável do ponto de vista financeiro, mas não podemos olhar apenas para o lucro. É esse esforço que muda o mundo”.

Gostou de saber como os produtos de limpeza impactam o meio ambiente?  
A Biowash está com um desconto especial de 20% para quem acompanha os conteúdos da Organis. É só inserir o cupom Organis20 nas compras feitas pelo site da empresa www.biowash.com.br

Milena Miziara
Organis – Asseissoria de Imprensa

Compartilhar

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook