Brasil Biomes

O Brasil compõe um dos mais importantes patrimônios ambientais do planeta e abriga uma incrível biodiversidade. Quase 20% de todas as espécies naturais habitam um dos seus 6 biomas: Amazônia, Cerrado, Caatinga, Pantanal, Mata Atlântica e Pampa. Um pouco de toda essa beleza e exuberância pode ser apreciado nas belas imagens que preparamos para registrar a nossa fauna e a nossa flora. Aproveite!

Amazônia

A maior diversidade do planeta

O bioma amazônico é formado por diferentes ecossistemas: floresta tropical, florestas e campos inundados, prados, áreas de pastagem, refúgios montanhosos e formações pioneiras. Tem grande potencial para a produção sustentável voltada para os mais diversos setores econômicos. Nos últimos anos, este imenso patrimônio ambiental vem conquistando consumidores do mundo todo através das propriedades benéficas de frutos como buriti, pupunha, tucumã, marimari, guaraná, cupuaçu, açaí, castanha-do-pará, andiroba e outros. Um belo exemplo da relação proveitosa entre este bioma e a indústria está no famoso perfume Chanel Nº 5, que recebe parte de sua matéria-prima de uma árvore da região, o pau-rosa.

Números da Amazônia

419.694.300

hectares

2.500

espécies de árvores

30.000

espécies de plantas

1.100

rios afuentes

Cerrado

A expansão da fronteira agrícola brasileira

O segundo maior bioma do Brasil é terreno fértil para a agricultura e para a criação de gado. A vegetação do Cerrado, típica das savanas, apresenta arbustos baixos em áreas de gramíneas, que se estendem pelos platôs e baixadas típicos das regiões centrais do Brasil. Aqui vivem muitas espécies de vida animal selvagem. O inverno seco e o verão chuvoso permitiram o surgimento de espécies vegetais com grande potencial comercial, como o pequi, baru, mangaba, cagaita, buriti, jatobá, cajuí, arnica, mama-cadela, faveira, gueroba, murici, carnaúba, babaçu, palmeiras e muitas outras.

Números do Cerrado

203.644.800

hectares

1.200

espécies de peixes

837

espécies de aves

199

espécies de mamíferos

Caatinga

Exclusividade brasileira

Composto por terras semiáridas, com espécies vegetais resistentes ao clima de baixa umidade e chuvas irregulares, a Caatinga é rica em fruticultura, ervas medicinais, plantas fibrosas e frutas fortemente aromáticas. Aqui as espécies nativas de abelha produzem mel dos mais apreciados e ricos do mundo. A produção na Caatinga é concentrada em pequenas propriedades de agricultura familiar.

Números do Caatinga

84.445.300

hectares

241

espécies de peixes

591

espécies de aves

221

espécies de abelhas

Mata Atlântica

Um Brasil voltado para a preservação ambiental

A mata atlântica acompanha toda a costa brasileira e se estende pela região mais povoada do Brasil. Apresenta grandes variações de clima, solo, vegetação e vida animal. Suas reservas hídricas atendem 70% da demanda por água do nosso país. Aqui, as ações de preservação ambiental e políticas de sustentabilidade são muito importantes e estão trazendo bons resultados. Um exemplo está na erva-mate cultivada na região sul e que segue as melhores práticas sustentáveis.

Números da Mata Atlântica

111.018.200

hectares

241

espécies vegetais

849

espécies de aves

270

espécies de mamíferos

Pantanal

Um ecossistema único

As planícies inundadas pelas cheias do rio Paraguai formam um fantástico e único ecossistema, com fauna e flora de grande beleza. Muitas espécies só podem ser vistas por aqui, mas outras, presentes na Amazônia e no Cerrado, também habitam o Pantanal. Neste patrimônio natural da humanidade reconhecido pela UNESCO, encontramos produtos com vocação medicinal, variados tipos de mel e o gado orgânico, criado pelas famílias nativas com apoio da WWF Brasil. Um excelente exemplo de atividade econômica integrada à cultura local e ao meio ambiente.

Números do Pantanal

15.035.500

hectares

263

espécies de peixes

463

espécies de aves

86%

de cobertura vegetal nativa

Pampa

Um Brasil produtivo e diversificado

Nos campos da região sul temos um bioma altamente favorável à criação extensiva de gado e à produção de toda a gama de produtos derivados. Aqui também cresce a produção orgânica de grãos e cerais. Destino de grandes ondas de imigração europeia nos séculos XIX e XX, notadamente italianos e alemães, a região recebeu forte influência cultural e incorporou novos sistemas de produção. Bons exemplos estão no suco de uva e nos vinhos espumantes que são reconhecidos internacionalmente por sua alta qualidade.

Números do Pampa

17.649.600

hectares

3.000

espécies de plantas

480

espécies de aves

450

espécies de gramíneas