Desvendando o mercado de orgânicos no Brasil

A cada dois anos, o Organis realiza um estudo aprofundado dos hábitos, percepções e demandas dos consumidores de produtos orgânicos. Investigamos os diversos aspectos que ajudam nossos associados a planejar e conduzir suas ações comerciais e de marketing. Boa parte dessas informações também são úteis para o público em geral e para a mídia especializada, interessada em cobrir a expansão dos orgânicos no Brasil. Você pode ter acesso à íntegra da pesquisa realizada em 2017, pois ela está disponível aqui para download. A pesquisa de 2019, com os dados mais recentes e abordagem aprofundada, já está em fase de conclusão e será divulgada em breve.

Veja aqui um resumo da Pesquisa de 2017.

Quais são os produtos mais consumidos?

6 em cada 10 consumidores consomem verduras orgânicas.
Legumes e frutas são escolhas orgânicas para pelo menos 1 em cada 4.

Verduras 63%
Legumes 25%
Frutas 25%
Cereais 12%

Por que consumir orgânicos?

Questões relacionadas à saúde compõem a principal motivação para o consumo de orgânicos.
A associação entre alimentos orgânicos e saúde é citada por 6 em cada 10.
Indicações de consumo de orgânicos da mídia e de profissionais da saúde também se destacam.

0 %
É mais saudável
0 %
Indicado na mídia como mais saudável
0 %
Indicado pelo médico/nutricionista

Frequência de consumo

A maior fatia, 4 em cada 10, consome orgânicos uma vez por mês.

Frequência de compra de orgânicos

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab

X

X

X

X

Uma vez a cada 15 dias:

30%

Frequência de compra de orgânicos

Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab

X

X

X

X

Uma vez por mês:

37%

Percepção do selo Produto Orgânico Brasil

Consumidores que fazem compras no supermercado tendem a obter maiores informações sobre os orgânicos na embalagem dos produtos. São o público que mais percebe a presença do selo e que maior confiança atribui ao selo como meio de informação.

Ficou sabendo que era orgânico pela embalagem53%
Viu o selo de produto orgânico55%
Considera o selo muito confiável61%
Ficou sabendo que era orgânico no local de compra59%
Viu o selo de produto orgânico22%
Considera o selo muito confiável36%

Destaques demográficos

  • Informações na embalagem dos produtos são mais frequentemente utilizadas por mulheres e pela população mais madura como indicativos de que o produto é orgânico (49% das mulheres e 47% da população com 45 anos ou mais vs. 37% no total).
  • Os mais jovens são os que menos lembram de ter visto o selo Produto Orgânico Brasil no momento de compra (23% dos jovens de 18 a 24 anos vs. 45% no total).
  • As mulheres apresentam maior confiança no selo como meio de informação sobre os produtos orgânicos (57% das mulheres vs. 49% no total).

Disposição a aumentar o consumo de orgânicos

Existe uma elevada disposição a consumir mais produtos orgânicos, mas o preço é citado como maior limitador para a ascensão do consumo. A dificuldade de acesso também é citada por uma fatia importante dos consumidores, seguida pela falta de conhecimento sobre os produtos.

0 %

Falta de preços acessíveis

0 %

Falta de lugares próximos

0 %

Falta de conhecimento

0 %

Falta de confiança

0 %

Falta de tempo para cozinhar

0 %

Falta de tempo para comprar

0 %

Falta de tempo

Interesse em consumir orgânicos

Metade da população possui pelo menos algum interesse em passar a consumir orgânicos.
Mas existe uma parcela importante, 3 em cada 10, que afirma não ter nenhum interesse em conhecer esses alimentos.

Qual você diria que é o seu interesse em passar a consumir esses produtos em um futuro próximo, ou seja, nos próximos 3 meses?

18%
Grande interesse
30%
Agum interesse
20%
Pouco interesse
30%
Nenhum interesse
2%
NS / NR

Download da pesquisa completa - Consumo de produtos orgânicos no Brasil

Siga o nosso movimento:

Contato:

Rua Doutor Corrêa Coelho, 741
+55 41 4106-3308
[email protected]

Mantenedoras: