As frutas de cada estação

Frutas são fundamentais em qualquer dieta saudável, e devem ser consumidas diariamente. Elas fornecem vitaminas e minerais, como potássio, zinco, cálcio e magnésio, além de fibras alimentares que ajudam a regular o organismo. Fonte de vitaminas A, C e E, elas ajudam a proteger o nosso corpo, aumentando nossas defesas contra doenças e viroses. Isso sem falar que elas são deliciosas.

Até aí, nenhuma novidade! Quem está empenhado em manter uma alimentação saudável, há muito já descobriu as vantagens de incluir frutas na sua dieta. Porém, quando uma fruta vem acompanhada da palavra “orgânica”, é aí que tudo fica mais interessante.

Só que, antes de mais nada, vamos logo avisando: uma fruta não é orgânica só porque foi produzida sem agrotóxico. Esse é apenas um detalhe. Há muito mais por trás das práticas orgânicas, que talvez você ainda não conheça.

Para receber a certificação de orgânico, um produtor precisa atender alguns requisitos. Tem que investir na preparação do solo, fazer uso correto dos insumos, preservar os recursos naturais, fazer o manejo inteligente das pragas, garantir a saúde dos trabalhadores, garantir transporte e armazenamento especiais… Além de muitas outras práticas que impactam positivamente na sociedade e no meio ambiente.

Portanto, uma fruta orgânica é aquela que foi produzida em harmonia com a preservação do meio ambiente, com a responsabilidade social e com as qualidades nutricionais, de modo a preservar seu sabor e garantir mais bem-estar ao consumidor.

E há um outro elemento essencial que caracteriza um produto orgânico: a rastreabilidade. O consumidor consegue acompanhar todo o ciclo produtivo, do momento do plantio até que ele chegue a sua mesa, o que contribui para aumentar a segurança alimentar.

Quando falamos de frutas orgânicas, isso se torna mais importante, pois elas devem ser consumidas frescas, de preferência entregues por fornecedores próximos, para que não haja danos nutricionais. A agricultura orgânica, de fato, tem esse forte caráter de valorizar a produção local. Além disso, os produtores orgânicos respeitam a sazonalidade dos alimentos, plantando e colhendo no período natural. E não utilizam produtos químicos sintéticos para forçar a planta a dar frutos fora de época.

Portanto, o certo é consumir as frutas próprias de cada estação. Para ajudar você na sua escolha, preparamos uma tabela onde você encontrará as suas frutas preferidas.

No outono, temos abacate, banana, caqui, coco, figo, goiaba, graviola, kiwi, laranja, limão, maçã, mamão, manga, pera e uva.

No inverno, temos banana, carambola, caju, caqui, coco, kiwi, laranja, maçã, mexerica, morango e uva.

Na primavera, temos abacaxi, acerola, amora, banana, caju, coco, cupuaçu, jabuticaba, jaca, laranja, mamão, manga, maracujá, melancia, melão, mexerica, pêssego e pitanga.

No verão, temos abacate, abacaxi, acerola, ameixa, banana, carambola, caju, coco, cupuaçu, figo, goiaba, graviola, jaca, laranja, lichia, limão, maçã, mamão, manga, maracujá, melancia, melão, pera, pêssego, pitanga e uva.

Se você deseja incluir frutas na sua dieta, faça a escolha certa. Prefira as frutas da estação e aproveite por inteiro a qualidade, o sabor, o bem-estar e o prazer de estar contribuindo para preservar o meio ambiente.

Siga o nosso movimento:

Contato:

Rua Doutor Corrêa Coelho, 741
+55 41 4106-3308
[email protected]

Mantenedoras: